HOW TO LIGHT YOUR (HOME) OFFICE? (I).
















How many hours a day does the professional spend in an office?
Although the answer may vary according to the case, there is a truth that can not be denied: the office is almost a second home. Therefore, a lot of care should be taken to make this a comfortable and stimulating place. In addition to the furniture used, the accessories and the colors that make up the environment, a suitable lighting project exerts great influence and can determine the differential in the decoration (here).



Whether you work in a home office or not, the character and quality of lighting in your workspace can help increase your productivity. Poor lighting can reduce your energy, dampen morale, produce eyestrain and headaches, and ultimately impair your ability to work effectively (here).































For the evaluation of quality of illumination, a variety of parameters is analyzed. The major criteria are lighting level and illuminance, harmonic brightness control, light color, direction of light and restriction of glare and shadiness. Those parameters, influencing visual environment, comfort and performance, are frequently noted in scientific and practical approaches (here).















What are signs of poor lighting?
The most common complaints resulting from poor lighting are:
# difficulty seeing document or screen (too much light or glare, or too little light or shadows),
# eyestrain,
# eye irritation,
# blurred vision,
# dry burning eyes, and
# headaches.
Poor lighting affects not only the ocular system but can also contribute to stiff necks and aches in shoulder area. These problems can occur when people adopt poor or awkward postures when trying to read something under poor lighting conditions.
A good visual environment will:
# have sufficient light, coming from the right direction and not cause shadows,
# provide good (not excessive) contrast between the task and the background,
# limit glare and extreme contrasts, and
# provide the right type of light (here(here).












Lighting Level & Illuminance
The right light level at the workplace avoids tiredness and lack of concentration. This can be regulated by the illuminance which is measured in Lux (lx) (here). A minimum of 500 Lux is stated for the brightness at computer work stations. Generally speaking, an increase in illuminance boosts the visual performance and positively influences the detailed and fast visual information processing. An illuminance between 500 and 1000 Lux can also be seen as stress-free. The more complex the visual task is, the higher the illuminance requested. Additionally, person variables like the age are crucial for a final and overall evaluation of the chosen lighting concept. An illuminance between 750 and 1.000 Lux is said to sustainably enhance the working performance of elder workers (here).



















Light Color & Direction of Light
Mood lighting is often achieved by the illumination parameter light color. In this regard a rendering index (CRI) (here) is used as orientation. Indices from 90 can be seen as natural values and are used for example in connection with LED lights and fluorescent lamps. Also, effects of light and shadows decide on the lighting quality. To achieve a balance between natural and artificial light and to avoid shadows and glare, it is recommendable to place lights parallel to the window and the working place (here).


Working is good
But make the correct lighting of your work area
Earn health and comfort
Success is a consequence
To be continued in the next post.



Em português (in portuguese).

COMO ILUMINAR SEU ESCRITÓRIO (de CASA)? (I).

Quantas horas do dia o profissional passa dentro de um escritório?
Embora a resposta possa variar de acordo com o caso, há uma verdade que não pode ser negada: o escritório é quase um segundo lar. Portanto, uma série de cuidados devem ser tomados para que este seja um local confortável e estimulante. Além dos móveis utilizados, os acessórios e as cores que compõem o ambiente, um projeto de iluminação adequado exerce grande influência e pode determinar o diferencial na decoração (aqui).

Se você trabalha em um escritório doméstico ou não, o tipo e a qualidade da iluminação em seu espaço de trabalho podem ajudar a aumentar sua produtividade. Uma má iluminação pode reduzir sua energia, reduzir a moral, produzir fadiga ocular e dores de cabeça e, em última instância, prejudicar a sua capacidade de trabalhar de forma eficaz (aqui).

Para avaliação da qualidade da iluminação, é analisada uma variedade de parâmetros. Os principais critérios são o nível de iluminação e iluminância, controle de brilho harmônico, cor da luz, direção de luz e restrição de brilho e sombra. Esses parâmetros, que influenciam o ambiente visual, conforto e desempenho, são frequentemente observados em abordagens científicas e práticas (aqui).

Quais são os sinais de pouca iluminação?
As queixas mais comuns resultantes de uma iluminação fraca são:
# dificuldade para ver documento ou tela (muita luz ou brilho, ou pouca luz ou sombras)
# fadiga ocular
# irritação ocular,
# visão embaçada,
# olhos queimados a seco e
# dores de cabeça.
A má iluminação afeta não apenas o sistema ocular, mas também pode contribuir para pescoços rígidos e dores na área do ombro. Esses problemas podem ocorrer quando as pessoas adotam posturas forçadas ou estranhas ao tentarem ler algo sob condições de iluminação precárias.
Um bom ambiente visual:
# Ter luz suficiente, vindo da direção certa e não causando sombras,
# Fornecer um contraste bom (mas não excessivo) entre a tarefa e o fundo,
# Limite de brilho e contrastes extremos, e
# Fornecer o tipo certo de luz (aqui).

Nível de Iluminação e Iluminância
O nível de luz adequado para o lugar de trabalho evita cansaço e falta de concentração. Isso pode ser regulado pela iluminância que é medida em Lux (lx) (aqui). Um mínimo de 500 lux é indicado para o brilho nas estações de trabalho com computador. De um modo geral, um aumento da iluminância aumenta o desempenho visual e influencia positivamente o processamento detalhado e rápido da informação visual. Uma iluminância entre 500 e 1000 Lux também elimina o estresse. Quanto mais complexa for a tarefa visual, maior será a iluminância solicitada. Além disso, variáveis de pessoas como a idade são cruciais para uma avaliação final e geral para o conceito de iluminação escolhido. Uma iluminância entre 750 e 1.000 lux é aconselhável para melhorar de forma sustentável o desempenho operacional dos trabalhadores idosos (aqui).

Cor da luz e direção da luz
A iluminação aconchegante é muitas vezes alcançada pelo parâmetro de iluminação de cor da luz. Nesse sentido, um índice de aparência da luz (CRI) (aqui) é usado como orientação. Os índices de 90 podem ser vistos como valores naturais e são usados, por exemplo, em conexão com luzes LED e lâmpadas fluorescentes. Além disso, os efeitos de luz e sombras incidem sobre a qualidade da iluminação. Para conseguir um equilíbrio entre luz natural e artificial e para evitar sombras e brilho, é recomendável colocar luzes paralelas à janela e ao local de trabalho (aqui).


Trabalhar é bom
Mas faça a correta iluminação de sua área de trabalho
Ganhe saúde e conforto
O sucesso é consequência
Continuamos na próxima postagem.





























HOW TO LIGHT A BEDROOM?


















Undoubtedly, the bedroom is a place of rest, where we seek peace to restore the energies after a day of work. Before you decide on the type of lighting in your bedroom, you should keep in mind what the purpose of the bedroom is. Bedrooms have evolved from simple sleeping areas to multifunctional environments that can be difficult to illuminate. Nowadays bedrooms perform functions such as: to snuggle, sleep, work or read. Only after this analysis can we combine the elements and the design in the space (here).


















The next step is to choose the appropriate lighting for the bedroom and create a warm and inviting space. Here is a basic model of a lighting project that will surely help you in your decisions.
# Create ambient light by illuminating walls with downlights or with surface or pendant fixtures.
# Provide glare control for reading.
# If using a single light fixture, consider a pendant with both uplight and downlight.
# Put closet lights directly above the doorframe.
# Choose efficient sources for kids’ bedroom especially if they are used a lot.
# Recessed halogen downlights on dimmers allow the hoemowner to set a relaxing mood. The LED Reading lights can be dimmed and directed as required. Closet lighting above the door highlights clothing (here).

























So whether it's to snuggling, working or reading, here are ideas to create a brilliant and versatile bedroom scheme (here).The recommended lights for a double room are: direct general light (from top to bottom), indirect general light (using the ceiling or wall as a hitter), diffuse general light (when the body of the luminaire is made of material that diffuses light ), accent light (for frames for example) and effect light (when there is interest in generating some type of visual effect) (here).






















Now we will detail some items presented in the previous project:
Natural Lighting: Undoubtedly, the natural lighting of the environment favors the comfortable design of the room. Hence, the use of natural daylight is important if you are looking for the spirit of innovation and activity in your bedroom. In addition, the presence of a large terrace, with a fresh garden and full of flowers, as the project, can provide you with rest and, why not, leisure (here).






















Ambient or General Light: Ambient light is defined as general illumination within a space. A central ceiling light will emit a good brightness around the whole space and this is perfect for the day-to-day general tasks (here). As we said in previous post (here), choose for your room a yellow light in order to get a more cozy and comfortable environment. However, in my opinion, the use of central light directly illuminating the bed can overshadow the eyes of those lying down and create a nuisance. Instead, use some luminaire facing the ceiling as it gives a more intimate mood.




















Task Lights: If you also use your bedroom as an office, a dressing room or if you are a book lover, a carefully placed task (work) lighting could be the answer. A directional table lamp – like an anglepoise – is an excellent choice for a workspace, while a floor lamp, or a wall sconce positioned by a mirror is perfect for putting on make-up or blow-drying hair (here).






















Romantic Lighting: Whether you want to create a romantic atmosphere, or a relaxing haven, soft accent lighting is key to setting the tone in your bedroom. Installing a dimmer switch with different settings is a quick and easy way to set the scene, but clusters of church candles and strings of fairy lights work just as well (here).






















Wardrobe Lighting: Navigating the dark recesses of your wardrobe can be frustrating at the best of times, so take the stress out of getting dressed by installing LED lighting. As well as being able to see your clothes, it’s energy efficient too (here).






















Blocking out light: As a general rule, the darker the room, the deeper you sleep, so take care to eliminate any light sources that may disturb you. Blackout blinds or lining, will filter out external annoyances, but remember to turn off any plugs and electrical equipment inside your room. Save fumbling in the dark and install light switches beside your bedside (here).
























Choosing the Right Lamps: Lamps come in all shapes, sizes and intensities, so it’s worth shopping around to find ones that compliment your scheme. Decorative filament lamps will add a retro or industrial feel to your interior, while halogens provide a crisp, sharp light. For a warm yellowish glow, choose a low wattage – or the Kelvin equivalente (here).


Right lighting.
Good rest and good sleep.
Good dreams.
See you later!!!


Em português (in portuguese).

COMO ILUMINAR UM QUARTO?

Sem dúvida alguma, o quarto é um lugar de descanso, onde procuramos a paz para repormos as energias depois de um dia de trabalho. Antes de se decidir pelo tipo de iluminação do seu quarto, você deve ter em mente qual é a finalidade do ambiente. Os quartos evoluíram de simples áreas de sono para ambientes multifuncionais que podem ser difíceis de iluminar. Hoje em dia os quartos desempenham funções tais como: para aconchegar, dormir, trabalhar ou ler. Só após esta análise é que poderemos combinar os elementos e o design no espaço (aqui).

O próximo passo é escolher a iluminação apropriada para o quarto e criar um espaço acolhedor e convidativo. Mostro aqui um modelo básico de um projeto de iluminação que certamente poderá auxiliar você em suas decisões (aqui).
# Crie luz ambiente iluminando as paredes com refletores (downlights), com arandelas ou pendentes.
# Possibilite o controle de brilho para leitura.
# Se estiver usando uma única luminária, opte por um pendente com luz direcionada para baixo e para cima.
# Coloque luzes no armário de roupas diretamente acima do batente da porta.
# Escolha luzes eficientes nos quartos das crianças, especialmente se eles são muito usados.
# Downlights halógenos embutidos e com dimmers (controlador de intensidade de luz) permitem a você criar um clima relaxante. As luzes de leitura LED podem ser controladas em sua intensidade e direcionadas conforme necessário. A iluminação do armário acima da porta destaca a roupa.

Então, seja para aconchegar, cuidar, trabalhar ou ler, aqui estão idéias de iluminação para criar um esquema brilhante e versátil (aqui). As luzes recomendadas para um quarto de casal são: luz geral direta (de cima para baixo), luz geral indireta (usando o teto ou parede como rebatedor), luz geral difusa (quando o corpo da luminária é feito de material que difunde a luz), luz de destaque (para quadros por exemplo) e luz de efeito (quando há interesse em gerar algum tipo de efeito visual) (aqui).

Agora vamos detalhar alguns itens apresentados no projeto anterior:
Iluminação Natural: Sem dúvida, a iluminação natural do ambiente favorece o design confortável do quarto. Por isso, o uso de iluminação natural durante o dia é importante se você está procurando o espírito de inovação e atividade em seu quarto. Além disso, a presença de um grande terraço, com um jardim fresco e cheio de flores, como o desde projeto, pode lhe proporcionar descanso e, por que não, o lazer (aqui).

Iluminação Ambiente: A luz ambiente é definida como a iluminação geral dentro de um espaço. Uma luz de teto central emitirá um bom brilho ao redor de todo o espaço e isso é perfeito para as tarefas gerais do dia a dia (aqui). Como dissemos em postagem anterior (aqui), escolha para o seu quarto uma luz de cor amarelada a fim de obter um ambiente mais aconchegante e confortável. Todavia, em minha opinião, o uso de luz central iluminando diretamente a cama pode ofuscar os olhos de quem está deitado e gerar um incômodo. Ao invés disso, use alguma luminária virada para o teto, pois ela dá um clima mais intimista.

Iluminação de Tarefa: Se você também usa seu quarto como escritório, um quarto de vestir ou se você é um leitor apaixonado, uma iluminação de tarefa (trabalho) cuidadosamente colocada poderia ser a resposta. Uma lâmpada de mesa direcionável - como uma luminária articulada - é uma excelente escolha para um espaço de trabalho, enquanto uma luminária de chão ou uma arandela direcionada para um espelho é perfeito para fazer maquiagem ou secar os cabelos (aqui).

Iluminação Romântica: Se você quer criar uma atmosfera romântica ou um refúgio relaxante, a iluminação de destaque suave é a chave para ajustar o tom em seu quarto. Instalar um interruptor de dimmer com configurações diferentes é uma maneira rápida e fácil de configurar a cena, mas os arranjos com velas e fios com várias pequenas lâmpadas funcionam bem (aqui).

Iluminação de Guarda-roupa: A procura de algo pelos cantinhos escuros do seu guarda-roupa pode ser frustrante, então tire o estresse de se vestir instalando a iluminação LED. Além de poder ver suas roupas, também é eficiente em energia (aqui).

Bloqueadores de Luz: Como regra geral, quanto mais escuro o quarto, mais profundo você dorme, então tome cuidado para eliminar quaisquer fontes de luz que possam incomodá-lo. As cortinas com forro tipo “blackout”, venezianas e/ou persianas afastarão os inconvenientes externos, mas lembre-se de desconectar das tomadas os plugs e os equipamentos elétricos dentro do seu quarto. Livre-se da tentação de andar pelo escuro e instale interruptores de luz ao lado de sua cama (aqui).

Escolhendo as lâmpadas certas: As lâmpadas vêm em todas as formas, tamanhos e intensidades, por isso vale a pena procurar e comprar aquelas que atendem ao seu esquema. As lâmpadas de filamentos decorativos irão adicionar uma sensação retrô ou industrial ao seu interior, enquanto as halógenas fornecem uma luz nítida. Para um brilho amarelado quente, escolha uma potência baixa - ou o equivalente Kelvin (aqui).

Iluminação certa.
Bom repouso e bom sono.
Belos sonhos.
Até mais tarde!!!