HOW TO LIGHT A KITCHEN?






















For me and for many people, the kitchen is the center of the house. The kitchen is the place to prepare meals but it can also be considered as a social environment, especially when designed within an open concept.





























Open Concept Kitchens: People are now looking for open concept kitchens as they can bring the whole family together and allow for easy entertaining and conversation while preparing or tasting a meal. One of the great things about an open concept kitchen design is that even small kitchens can feel larger with an open layout. So, in this poster I will focus on this open concept kitchen model.




















Lighting is of great importance in the kitchen as this is an area where we perform tasks - cuts with a knife, fire and home appliances - that need a lot of light to be carried out correctly and safely. The lighting in the kitchen is not only a decorative but mainly functional and practical matter (here).






















Natural Light is fundamental to any environment and for this reason I suggest that you take full advantage of the natural light that illuminates your kitchen. Collaboration for this is the type and arrangement of furniture as well as the use of curtains and blinds that do not interfere with the entrance of light.
























Every piece of the kitchen deserves special attention and the brighter the better. No matter whether the kitchen is large or small, the correct lighting makes the objects and the environment look different. When thinking about the lighting of your kitchen you should keep in mind the tasks you will perform in each of your areas. Lighting falls into three categories: Ambient Lighting, Task Lighting and Highlight Lighting. Modern kitchens use a variety of lighting types to illuminate and highlight (here).






















Ambient lighting: Ambient lighting is a combination of natural light (daylight) and high overhead light fixtures, such as ceiling-mounted, track, or recessed (can) lights. In a larger kitchen, you may be able to get by with one large, centrally positioned ceiling fixture, which provides much of the overhead light for the entire kitchen. Combine that light with a few smaller lights near the wall and ceiling and your overhead lighting needs should be adequately met. If you have a smaller kitchen, you may find that two or three smaller ceiling fixtures provide adequate light (here). For the ambient lighting of the kitchen the most indicated lamps are fluorescent and LED (average of 150 Lux) (here) and a light temperature between 5,000 - 6,000K (here).






















Indirect lighting is another useful form of ambient lighting that hides the light source from view but still spreads the light itself in the room. Bouncing light off the walls and ceilings is another form of ambient lighting (here).






















Task Lighting provides extra light where you’re working. For instance, task lighting might be used over the sink, around the range, along countertops, and in eating areas. Several types of light fixtures provide task lighting (here):
# Under-cabinet lights are great for illuminating countertops.
# Small wall- or ceiling-mounted fixtures can provide task lighting over the sink, eating areas, or an island.
# For areas without cabinets a washer on the wall works well. Just make sure the accessory has a protective glass or the light will be very bright and will distract you.
# Hanging or pendant lights are most often used over an eating space or table, or over a center island.
# Recessed can lights can be positioned directly above a work area. You can use spotlight bulbs that have a tightly focused beam for more pinpoint lighting. Use a fluorescent or LED lamp (average 300 Lux) (here) and a light temperature between 5,000 - 6,000K (here).
























Accent Lighting is associated with entertaining and gives the room some dimension. It allows you to highlight décor in your home, such as artwork or a decorative feature in the kitchen. Another way to incorporate a layer of accent lighting is by installing lighting inside glass cabinets, where you can display fine china or other special pieces. Other examples of accent lighting are wall sconces and track lighting (here).



























Layers of Light: Together, these types of lighting can meet every need in your kitchen. I believe that there is no better way to light your kitchen than through the natural lighting of the sun. Ambient lighting adds warmth, inviting family and friends to come together and enjoy the space. Task lighting is necessary for getting work done in the kitchen, from reading recipes to meal prepare. Accent lighting provides depth to the room by highlighting aspects of the kitchen. No matter the size of your kitchen, there is enough space to create these layers. In smaller spaces, this can envolve combining some fixtures to provide all types of lighting (here).


Plan your kitchen.
Create a pleasant and well-lit space.
Cooking is a therapy.
See you soon !!!



Em português (in portuguese).

COMO ILUMINAR UMA COZINHA?

Para mim e para muitas pessoas, a cozinha é o centro da casa. A cozinha é o local de preparo das refeições, mas também pode ser considerada como um ambiente da área social, principalmente quando projetada dentro de um conceito aberto.

Cozinhas em Conceito Aberto: Atualmente, as pessoas estão à procura de cozinhas de conceito aberto pois podem reunir a família toda e permitir fácil entretenimento e conversa enquanto preparam ou degustam uma refeição. Uma das grandes coisas sobre um design de cozinha de conceito aberto é que mesmo pequenas cozinhas podem se sentir maiores com um layout aberto. Por este motivo, neste pôster, vou me fixar mais neste modelo de cozinha em conceito aberto.

A iluminação tem grande importância na cozinha pois esta é uma área onde realizamos tarefas – cortes com faca, fogo e eletrodomésticos - que precisam de muita luz para serem realizadas de modo correto e seguro. A iluminação na cozinha não é apenas uma questão decorativa mas, principalmente, funcional e prática (aqui).

A Luz Natural é fundamental para qualquer ambiente e, por isso mesmo, sugiro que você aproveite ao máximo a luz natural que ilumina a sua cozinha. Colaboram para isso o tipo e a disposição dos móveis bem como a utilização de cortinas e persianas que não prejudiquem a entrada da luz.

Cada pedaço da cozinha merece uma atenção especial e quanto mais iluminada, melhor. Não importa se a cozinha é ampla ou pequena, a iluminação correta torna os objetos e o ambiente parecerem diferentes. Ao pensar na iluminação da sua cozinha você deve ter em mente as tarefas que irá realizar em cada uma de suas áreas. A iluminação cai em três categorias: Iluminação Ambiente, Iluminação de tarefas e Iluminação de Destaque. As cozinhas modernas usam uma variedade de tipos de iluminação para iluminar e destacar (aqui).

Iluminação Ambiente: A Iluminação Ambiente é uma combinação de luz natural (iluminação diurna) e luminárias elevadas, como luzes de teto, trilho ou embutido. Em uma cozinha ampla, você pode fixar uma grande luminária de teto centralmente posicionada, que fornece grande parte da luz superior para toda a cozinha. Combine essa luz com algumas luzes menores colocadas perto da parede e do teto e suas necessidades de iluminação superior serão adequadamente atendidas. Se sua cozinha é pequena, provavelmente duas ou três luminárias menores de teto fornecerão luz adequada (aqui). Para a iluminação ambiente da cozinha as lâmpadas mais indicadas são as fluorescentes e as LED (média de 150 Lux) (aqui) e uma temperatura de luz entre 5,000 – 6,000K (aqui).

A iluminação indireta é outra forma útil de iluminação ambiente que esconde a fonte de luz da vista, mas ainda espalha a luz no ambiente. Embutir luzes nas paredes e nos tetos é outra forma de iluminação ambiental (aqui).

A Iluminação da Tarefa fornece luz extra onde você está trabalhando. Por exemplo, a iluminação das tarefas pode ser usada sobre a pia, área ao redor da pia, ao longo de bancadas e nas áreas de alimentação. Vários tipos de luminárias fornecem iluminação de tarefas (aqui):
# As luzes de baixo gabinete são excelentes para iluminar bancadas.
# As pequenas luminárias montadas no teto ou na parede podem fornecer iluminação de tarefas sobre a pia, áreas para comer ou uma ilha.
# Para áreas sem armários uma arandela na parede funciona bem. Apenas certifique-se de que o acessório tem um vidro de proteção ou a luz será muito brilhante e irá distrai-lo.
# Luminárias pendentes ou suspensas são mais utilizadas em um espaço de alimentação ou mesa, ou em uma ilha central.
# As luminárias metálicas embutidas podem ser posicionadas diretamente acima de uma área de trabalho. Você pode usar lâmpadas de foco que tenham um feixe bem direcionado para iluminação mais específica. Use uma lâmpada fluorescente ou LED (média de 300 Lux) (aqui) e uma temperatura de luz entre 5,000 – 6,000K (aqui).

A Iluminação de Destaque está associada ao entretenimento e dá uma nova dimensão ao espaço. Isso permite que você destaque a decoração em sua casa, como obras de arte ou de um elemento decorativo de sua cozinha. Outra maneira de incorporar a iluminação de destaque é instalando iluminação dentro de armários de vidro, onde você pode exibir porcelana fina ou outras peças especiais. Outros exemplos de iluminação de destaque são as arandelas de parede e as luminárias de trilhos (aqui).

Camadas de luz: Juntos, esses tipos de iluminação podem satisfazer todas as necessidades em sua cozinha. Eu acredito que não há melhor maneira de iluminar sua cozinha do que através da iluminação natural do sol. A iluminação ambiente acrescenta calor, convidando familiares e amigos para se juntar e aproveitar o espaço. A iluminação de tarefa é necessária para fazer o trabalho na cozinha, desde a leitura de receitas até à preparação de refeições. A iluminação de destaque fornece profundidade na sala, destacando aspectos da cozinha. Independentemente do tamanho da sua cozinha, há espaço suficiente para criar essas camadas. Em espaços menores, isso pode envolver a combinação de alguns acessórios para fornecer todos os tipos de iluminação (aqui).


Planeje sua cozinha.
Crie um espaço agradável e bem iluminado.
Cozinhar é uma terapia.
Nos vemos breve!!!

HOW TO LIGHT YOUR (HOME) OFFICE? (II).




















Continuing the previous post:
Types of Lighting
What type of lighting should you choose for your office?
There are a few different options to choose from, and each type has its own specific purpose and its own distinct advantages and disadvantages. You can combine these various types of lighting such as: Natural Lighting, Overhead Lighting, Ambient Lighting, Task Lighting, Corrective Lighting and Accent Lighting and thus create a properly lit work atmosphere (here).






















Location!!!!
Always consider where your light is coming from. A light source set behind you as you work at your computer will almost certainly create annoying glare on your monitor. Likewise, look out for unintended shadows cast by lamps set up for task lighting. For instance, if you write with your right hand, your hand and arm may cast shadows if the task light is also set off on the right. Also, consider the location of windows when setting up your work spaces (here).
























Natural Lighting is a superior option to any form of electric lighting. It is scientifically proven that exposure to natural light not only increases workers’ satisfaction with their workplace, but also increases productivity. Natural light also affects our mood and behavior in a positive way that artificial light cannot. Unfortunately, depending on your workspace, natural light is not always going to be a viable option. Take advantage of it when you can and set up your office furniture accordingly (here).
























Overhead Lighting is not the best source of office lighting - and it certainly should not be the only source - but it can help fill in places that other light sources seem to miss (here) This type of lighting is not the brightest and can cause shadows or simply be very weak. Generally, it is better to add other types of lighting and not rely solely on an overhead light. For those working in an office with fluorescent headlights, adding corrective or environmental lights can help reduce any discomfort you experience working with fluorescent lighting (here).






















Ambient Lighting
Stressed out while you work? It might have less to do with your workload and more to do with your surroundings (here). Ambient light is a great stress reliever. It's pretty lame to look up from a long day of work and realize you're sitting alone with only the light of your desk lamp for company. Ambient light fills the area with a soothing glow, for a warmer, more comfortable atmosphere (here).






















Task Lighting
If your office lacks sufficient natural and overhead light, you may want to consider adding task lighting to all of the employee desks. Tasks lights are small lamps that can be plugged into any outlet to provide extra lighting right where the employee needs it. There are even LED task lights and lamps made to emulate the look of natural light (here). For computer work, filing and other focus-intensive tasks, choose a well-defined light source dedicated to what you are doing. An adjustable or articulated desk lamp can put light exactly where you need it and support a variety of tasks. If your home office has multiple workstations – for example, a desk for computer and phone work, a filing area, and a table for reviewing photos and layouts – set up dedicated task lighting for each station (here).













Corrective Lighting
Working with a computer day in and day out for hours at a time can cause eye strain and even migraines. Placing corrective lighting behind your computer monitor can help immensely. The corrective lighting helps to diminish the glare coming from the screen (here).























Accent Lighting: Do not just focus on functional lighting in your office environment - the decorative also has its place. It values the aesthetics of the environment as a whole - and let's face it: working in a visually pleasing environment motivates us more to perform our tasks efficiently. Bet on spots aimed at decorative objects, diplomas framed in the wall or pictures scattered around the room. Let your functional environment tastefully (here).






















In conclusion, we can say that the combination of different light sources is crucial. The use of direct and indirect lighting in addition to a balanced day- and artificial light, is very important. On the one hand, in offices and at computer work stations a very high level of indirect lighting is recommended to support non-glaring. On the other hand, direct lighting provides the essential shadiness for a good illumination. That is the reason why combining both illumination techniques is vital.


Working is good
But make the correct lighting of your work area
Earn health and comfort
Success is a consequence
I'll be back soon.



Em português (in portuguese).

COMO ILUMINAR SEU ESCRITÓRIO (de CASA) (II)?

Continuando a postagem anterior:
Tipos de Iluminação
Qual o tipo de iluminação que você deve escolher para o seu escritório?
Existem algumas opções diferentes para escolher, e cada tipo tem um propósito específico e suas próprias vantagens e desvantagens. Você pode combinar esses vários tipos de iluminação, tais como: Iluminação Natural, Iluminação Sobre a Cabeça, Iluminação Ambiente, Iluminação de Tarefa, Iluminação Corretiva, Iluminação de Destaque e, assim, criar uma atmosfera de trabalho devidamente iluminada (aqui).

Localização,
Sempre considere de onde a luz está vindo. Uma fonte de luz situada atrás de você enquanto trabalha em seu computador certamente criará um brilho irritante em seu monitor. Da mesma forma, verifique se há sombras indesejáveis produzidas por lâmpadas de iluminação de trabalho. Por exemplo, se você escrever com a mão direita, a mão e o braço podem produzir sombras caso a iluminação de tarefa também estiver à direita. Além disso, considere a localização das janelas ao configurar seus espaços de trabalho (aqui).

A Iluminação Natural é uma opção superior a qualquer tipo de iluminação elétrica. Está cientificamente comprovado que a exposição à luz natural não só aumenta a satisfação dos trabalhadores com o local de trabalho, mas também aumenta a produtividade. A luz natural também afeta positivamente o nosso humor e o comportamento enquanto que a luz artificial não consegue. Infelizmente, dependendo do seu espaço de trabalho, a luz natural nem sempre será uma opção viável. Aproveite-o quando puder e configure o seu mobiliário de escritório em conformidade (aqui).

A Iluminação Aérea (Sobre a Cabeça) não é a melhor fonte de iluminação do escritório - e certamente não deve ser a única fonte -, mas pode ajudar a iluminar locais que outras fontes de luz não conseguem (aqui). Esse tipo de iluminação não é o mais adequado e pode causar sombras ou simplesmente ser muito fraca. Geralmente, é melhor adicionar outros tipos de iluminação e não depender exclusivamente de uma luz aérea. Para aqueles que trabalham em um escritório com iluminação aérea fluorescente, adicionar luzes corretivas ou ambientes podem ajudar a reduzir qualquer desconforto ao se trabalhar com iluminação fluorescente (aqui).

Iluminação Ambiente
Estressado enquanto trabalha? Isto pode ser devido mais com o ambiente ao seu redor do que com a sua carga de trabalho (aqui). A luz ambiente é ótima para aliviar o estresse. É muito desanimador chegar ao final de um longo dia de trabalho e perceber que você está sentado e com apenas a luz de sua lâmpada de mesa como companhia. A luz ambiente preenche a área com um brilho calmante criando uma atmosfera mais quente e confortável (aqui).

Iluminação de Trabalho
Se o seu escritório não recebe luz natural e iluminação aérea adequadas, você poderá adicionar iluminação de trabalho a todas as mesas dos funcionários. A iluminação de trabalho é dada por pequenas lâmpadas que podem ser conectadas a qualquer tomada para fornecer luz extra onde o empregado precisa. Existem até luzes de LED e lâmpadas feitas para imitar a aparência da luz natural (aqui). Para trabalhos em computador, arquivamento e outras tarefas que exigem uma grande atenção, escolha uma fonte de luz bem definida e dedicada ao que está fazendo. Uma lâmpada de mesa ajustável ou articulada pode colocar a luz exatamente onde você precisa e atender à várias tarefas. Se o seu escritório em casa tiver várias estações de trabalho - por exemplo, uma mesa para trabalho no computador e ao telefone, uma área de arquivo e uma mesa para revisar fotos e layouts - configure uma iluminação de trabalho específica para cada área de trabalho (aqui).

Iluminação Corretiva
Trabalhar com um computador dia após dia durante horas pode causar tensão no olho e mesmo enxaquecas. A colocação de uma luz corretiva por trás do monitor do seu computador pode ajudar imensamente. A iluminação corretiva ajuda a diminuir o brilho vindo da tela (aqui).

Iluminação de Destaque: não se concentre apenas na iluminação funcional em seu ambiente de escritório - o decorativo também tem seu lugar. Valoriza a estética do ambiente como um todo - e podemos dizer: trabalhar em um ambiente visualmente agradável nos motiva mais a desempenhar nossas tarefas de forma eficiente. Aposte em spots visando objetos decorativos, diplomas enquadrados na parede ou quadros espalhadas pela sala. Deixe seu ambiente funcional com bom gosto (aqui).

Em conclusão, podemos dizer que a combinação de diferentes fontes de luz é crucial. O uso de iluminação direta e indireta, além de um equilíbrio entre a luz natural e a luz artificial, é muito importante. Por um lado, em escritórios e em áreas de trabalho com computador, recomenda-se um nível alto de iluminação indireta para fornecer iluminação sem brilho. Por outro lado, a iluminação direta proporciona a clareza essencial para uma boa iluminação. Essa é a razão pela qual a combinação de ambas as técnicas de iluminação é vital.


Trabalhar é bom
Mas faça a correta iluminação de sua área de trabalho
Ganhe saúde e conforto
O sucesso é consequência
Voltarei breve.