HOW TO LIGHT A LIVING ROOM.






















The correct illumination of the living room is fundamental to give warmth and beauty to the environment. For this, it is not enough to just buy the best lamps. It is necessary to achieve harmony in the lighting design and use well the different ways of lighting. The work begins in the search for the best use of the entrance of natural light. The next step is to complete, without exaggeration, the general lighting of the room (here).



















There are several ways to light up a room, giving it personality, sophistication and warmth. The use of chandeliers, more than any other accessory, can give refinement to the space (1). The washers and floor lamps create soft or focused environments that transform with the design of light (2). Pendant lights goes well in almost all situations (3). It is still possible to customize the lighting with the use of LED lamps, strip-lighting or with recycled or industrial luminaires (4) (here).




















People miss too much in excess of clarity and forget the need for light and shadow effect, affecting the perception of space (here). Here are four popular lighting strategies and how they work in a living room: Ambient or General, Task or Work, Accent and Decorative (here).
























Ambient or General lighting provides an area with overall illumination. Stylish chandeliers, ceiling lights, wall-mounted fixtures or portable lamps can provide the ambiance that casts a warm glow in your living room. It controls glare and provides the general illumination that makes the living room feel comfortable and inviting. Since this type of lighting affects the overall quality of light in the room and tends to be used the most it is desirable that you use energy-efficient solutions, with dimmers or three-way controls (here).





























Task or Work lighting helps you perform specific tasks, such as reading or embroidering (here). This brighter light can be a floor lamp with a swinging arm next to a comfortable chair , or a directed light source over a desk. These are not the lights you use all the time ----- they’re only to be used when you’re doing a task. A more localized type of lighting positioning is especially important. Portable table lamps allow for flexibility when furniture is moved (here). Task lighting should be free of distracting glare and shadow be bright enough to prevent eye strain.





















Accent lighting adds drama to a living room by creating visual interest (here). When you want to highlight certain features in your living room, like a fireplace, texture of a brick or stone wall or a favorite painting, accent light is the way to go. To be effective, accent lighting requires as least five times as much light on the focal point as the general lighting surrounding it. Recessed adjustable lights directed to points of interest or under-cabinet lighting in a display case that highlights selected objects are examples of accent lighting (here). 































Decorative Lighting is a way to enhance the beauty of your house. Indoor decorative lighting gives a room personality and style. It should give a person that visual impact that defines the owner’s personality in just one glance. Interior decorative lighting fixtures include ceiling fixtures like chandeliers or table fixtures like lamps. It can also include wall fixtures like paintings, sconces, medals, trophies and so on....There are some factors that need to be considered for decorative lighting like cost saving, power effectiveness, affordability, space and so on (here).














For a good job you must pay attentiion to:
# Create flexibility through portable lighting.
# Provide good ambient/indirect lighting.
# Make sure glare is controlled for comfortable reading.
# Use switched receptacles to integrate fluorescent torchieres.
# Accent lighting should be used in some locations to create various scenes and an intimate atmosphere.
# Multiple fixture types in one room allow for flexibility. Wall sconces can provide effective ambient light if directed up. Portable lamps are always a good option for living rooms. Also, consider matching wall sconces and pendants (here).


Analyze and ponder.
Consider the possibilities.
Dare without fear of making mistakes.
Brighten your room and your life.
We continue in the next post.



Em português (in portuguese).

COMO ILUMINAR UMA SALA DE ESTAR.

A correta iluminação da sala de estar é fundamental para dar aconchego e beleza ao ambiente. Para isso, não basta apenas comprar as melhores luminárias. É preciso conseguir harmonia no projeto luminotécnico e usar bem as diferentes maneiras de iluminar. O trabalho começa na busca pelo melhor aproveitamento da entrada de luz natural. A próxima etapa é completar, sem exageros, a iluminação geral da sala (aqui).

Há várias maneiras de se iluminar uma sala, dando-lhe personalidade, sofisticação e aconchego. O uso de lustre, mais do que qualquer outro acessório, pode dar requinte ao espaço (1). Já as arandelas e as luminárias de piso criam ambientes suaves ou focados que se transformam com o desenho da luz (2). Pendentes vão bem em quase todas as situações (3). Ainda é possível personalizar a iluminação com o uso de lâmpadas LED, com lâmpadas à mostra (strip-lighting) ou, então, com luminárias recicladas ou no estilo industrial (4) (aqui).

As pessoas erram muito no excesso de claridade e se esquecem da necessidade do efeito luz e sombra, afetando a percepção do espaço (1 aqui). Aqui estão quatro conhecidas estratégias de iluminação e como elas funcionam em uma sala de estar: Ambiente ou Geral, Tarefas ou Trabalhos, Destaques e Decorativas (2 aqui).

A Iluminação Ambiente fornece uma área com iluminação geral. Também é conhecida como iluminação geral. Lustres elegantes, luzes de teto, acessórios de parede ou lâmpadas portáteis podem proporcionar um brilho quente à sua sala de estar. Ela controla o brilho e fornece a iluminação geral que torna a sala de estar confortável e convidativa. Uma vez que este tipo de iluminação afeta a qualidade geral da luz na sala e tende a ser utilizada, é desejável que você use soluções eficientes em energia, com “dimmers” ou controles de três vias (aqui).

A Iluminação de Tarefa ou Trabalho ajuda você a executar tarefas específicas, como ler ou bordar (1 aqui). Esta luz mais brilhante pode ser de uma lâmpada de chão com braço articulado junto à uma cadeira confortável ou a uma fonte de luz dirigida sobre uma mesa. Estas não são luzes que você usa o tempo todo ----- elas só serão usadas quando estiver fazendo uma tarefa. Uma iluminação mais localizada é importante. As lâmpadas de mesa portáteis permitem flexibilidade quando o móvel é deslocado (2 aqui). A iluminação de tarefa não deve ter brilho nem sombra e ser suficientemente clara para evitar a tensão ocular.

A Iluminação de Destaque adiciona drama a uma sala de estar criando interesse visual (1 aqui). Quando você deseja destacar certos recursos em sua sala de estar, como uma lareira, textura de tijolo ou parede de pedra ou uma pintura favorita, a luz de destaque é o caminho a seguir. Para ser eficaz, este tipo de iluminação requer pelo menos cinco vezes mais luz no ponto focal que a iluminação geral que a rodeia. As luzes ajustáveis embutidas dirigidas a pontos de interesse ou a iluminação interna num móvel tipo vitrine que destaca os objetos selecionados são exemplos de iluminação de acento (2 aqui).

Iluminação Decorativa é uma maneira de melhorar a beleza da sua casa. A iluminação decorativa interna da personalidade e estilo para sala. Deve dar a uma pessoa o impacto visual que define a personalidade do proprietário em apenas um olhar. Para a iluminação decorativa pode-se usar acessórios para teto como lustres ou dispositivos de mesa como lâmpadas. Também pode incluir acessórios de parede como pinturas, arandelas, medalhas, troféus e assim por diante ...Alguns fatores que precisam ser considerados na iluminação decorativa, como economia de custos, eficiência de energia, acessibilidade, espaço e assim por diante (aqui).

Para um bom trabalho, você deve prestar atenção para:
# Crie flexibilidade através de iluminação portátil.
# Forneça boa iluminação ambiente e/ou indireta.
# Certifique-se de que o brilho está controlado para uma leitura confortável.
# Use tomadas e interruptores integrar luminárias fluorescentes de chão.
# A iluminação Destaque deve ser usada em alguns locais para criar várias cenas e uma atmosfera íntima.
# Múltiplos tipos de acessórios em uma sala permitem flexibilidade. As arandelas podem fornecer luz ambiente eficaz quando direcionadas. As lâmpadas portáteis são sempre uma boa opção para salas de estar. Além disso, considere combinar arandelas e luminárias pendentes (aqui).

Analise e pondere.
Considere as possibilidades.
Ouse sem medo de errar.
Ilumine sua sala e sua vida.
Continuamos na próxima postagem.

HOW TO LIGHT FOYER, HALLWAY AND STAIRWAY.

















The entrance hall is an important environment as it has the function of receiving visitors and presenting the house, causing a first impression. Usually halls are small and dark spaces and due to this, they must be well lit to cause a good welcome and warmth to our visitors (here).






















As you and your guests enter your home, good lighting sets the tone for your living space and provides a welcoming atmosphere. While the fixtures you choose can set the style for your home’s decor, they should also provide ample lighting for safe access in and out of your home. Your lighting should also provide enough illumination to see easily into hall closets as well as all the way up stairs and down hallways (here).









































Chandeliers, pendants, or ceiling fixtures can all serve to meet the lighting needs in your foyer, hallway, and stairway lighting (here). The light most suitable for the hall is the indirect light with fixtures and chandeliers that focus light to the ceiling. It is important that the appliques are symmetrical and of the same set to give more harmony to the environment. If you do not want to apply light fixtures to the wall, you can place a chandelier with an intensity dimmer pointing to the ceiling so light scatters throughout the room and continues to generate warm light (here).



























If your home is in a modern minimalist style, the ideal for this environment is to put spotlights embedded in the ceiling as they light the hall very well and generally match the style of your home. It is a more direct and cool light that we can leave as well or balance by placing also indirect light fixtures (here).
































However, if you have ceiling lamps in your house and this is what you want to illuminate your entrance hall, you can do it, but make sure that the size is medium or small so as not to give space and not give a feeling of agony. In case you choose a chandelier, make sure that the light is light and the color is clear not to disturb or cause a small space sensation (here).



























Hallways and stairways should be illuminated every 2.40 to 3.0 meters (8 to 10 feet) for safety. If hall or foyer fixtures do not illuminate the entire stairway, install a fixture near the top step of the stairs. Hall and staircase lighting can be done with ceiling fixtures, wall fixtures, or recessed fixtures, however you should avoid using wall fixtures in narrow hallways. Recessed lighting can be used to illuminate the hallway or stairs and provide accent light for art or photos on the walls. Lighted switches should be placed at both ends of a hallway or stairway for safety (here).






















In summary: For a foyer, hallway and entry way you have to;
1) Avoid using only potlights, which can shadow.
2) Provide accent lighting on art or pictures.
3) Track lighting or aimable downlights can provide both accent and ambient wall wash.
4) Use a decorative pendant or wall sconce near the door to create a welcoming atmosphere.
5) Ensure access to switches from multiple locations.
6) Use dimmers and efficient sources, as these lights are often on for longer periods of time (here).


Foyer is key to the overall impression your house makes
Wellcome!!!
Come on over
I’ll be back soon.


Em português (in portuguese).

COMO ILUMINAR HALL DE ENTRADA, CORREDOR E ESCADA.

O hall de entrada é um ambiente importante pois tem a função de receber os visitantes e apresentar a casa, causando uma primeira impressão. Geralmente os halls são espaços pequenos e escuros e, devido a isso, devem ser bem iluminados para causar uma boa sensação de boas-vindas e calor às nossas visitas (aqui).

À medida que você e seus convidados entram em sua casa, uma boa iluminação dá o tom para o seu espaço de vida e oferece um ambiente acolhedor. Enquanto os acessórios escolhidos podem definir o estilo para a decoração da sua casa, eles também devem fornecer ampla iluminação para acesso seguro dentro e fora de sua casa. Sua iluminação também deve fornecer iluminação suficiente para ver facilmente nos armários dos corredores, bem como todo o caminho até escadas e corredores (aqui).

Lustres, pendentes ou acessórios de teto podem servir para satisfazer as necessidades de iluminação em seu hall, corredor e escada (aqui). A luz mais indicada para o hall é a indireta com apliques e lustres que foquem a luz para o teto. É importante que os apliques sejam simétricos e do mesmo conjunto para dar mais harmonia ao ambiente. Se não quiser colocar apliques na parede, pode colocar um lustre com regulador de intensidade apontando para o teto para que a luz se disperse por todo o ambiente e continue gerando luz quente (aqui).

Se sua casa é de estilo moderno e minimalista, o ideal para este ambiente é colocar focos embutidos no teto, uma vez que iluminam muito bem o hall e geralmente combinam com o estilo da sua casa. Trata-se de uma luz mais direta e fria que podemos deixar assim ou equilibrar colocando também apliques de luz indireta (aqui).

Entretanto, se tem lustres de teto em sua casa e é com isto que quer iluminar seu hall de entrada, pode fazê-lo, mas certifique-se de que o tamanho seja médio ou pequeno para não tirar espaço e para não dar sensação de agonia. No caso de escolher um lustre, certifique-se de que a luz seja tênue e a cor seja clara para não destoar nem causar uma sensação de espaço pequeno.

Por segurança, os corredores e as escadas devem ser iluminados a cada 2,40 a 3,0 metros. Se as luminárias do corredor ou do hall de entrada não iluminarem toda a escada, instale um acessório perto do topo superior das escadas. A iluminação do hall e das escadas pode ser feita com acessórios de teto, de parede ou os embutidos, no entanto, você deve evitar o uso de acessórios de parede em corredores estreitos. A iluminação embutida pode ser usada para iluminar o corredor ou escadas e fornecer luz acentuada para arte ou fotos nas paredes. Por segurança os interruptores de luz devem ser colocados nas duas extremidades do corredor e/ou escada (aqui).

Em resumo: Para um hall de entrada você deve:
1) Evite usar apenas luz embutida, o que produzir sombra.
2) Fornecer iluminação de destaque em arte ou imagens.
3) A iluminação por trilhos ou luz embutida visível pode fornecer destaque e iluminação das paredes do ambiente.
4) Use um pendente decorativo ou arandelas perto da porta para criar uma atmosfera acolhedora.
5) Garantir o acesso a interruptores em vários locais.
6) Use “dimmers” e fontes eficientes, pois essas luzes costumam estar ligadas por longos períodos de tempo (aqui).


Hall de entrada é o cartão de visitas de sua casa.
Seja bem-vindo(a).
Vem mais por ai.
Volto em breve.